Visita la página TERAPIA REGENERATIVA

Visita la página TERAPIA REGENERATIVA
Nueva Página http://www.terapiaregenerativa.com

viernes, 8 de mayo de 2009

Nueva técnica de obtención de células madre pluripotentes sorpresa, o el pro...



 
 

Enviado por Gonzonet a través de Google Reader:

 
 

vía biologia « WordPress.com Tag Feed de Daniel Ruy Pereira el 8/05/09

Foto stock.xchng Em março, Barack Obama suspendeu as restrições de financiamento federal às pesquisas de células-tronco embrionárias (1). Como sempre acontece nessas decisões, agradou e desagradou a muitos. E alguns dos defensores dessas pesquisas ufanaram-se com a vitória da deusa ciência sobre os cretinos dogmas religiosos. Aqui no Brasil não foi muito diferente…

Há um ano atrás escrevi sobre isso. Até hoje, aquele post (2) é o mais visitado deste blog, com 861 visualizações. Portanto, é lógico que o assunto desperta o interesse de muitos. Naquela ocasião, me manifestei contra as pesquisas – o que ainda faço, sem medo algum de estar errado, ou de ser acusado de viver no século XVI. Pois é melhor ser cuidadoso que afobado.

Para quem não lembra, as células-tronco embrionárias são pluripotentes, ou seja, podem se especializar em virtualmente qualquer célula do corpo humano. Obtê-las seria incrível, pois teríamos um tratamento tendendo à perfeição: células do próprio paciente (sem risco de rejeição), se desenvolvendo para reconstituir tecidos e orgãos danificados. Brilhante. O problema é como obtê-las: é preciso matar um embrião humano. Biologicamente, é indiscutível: o embrião é um ser humano. Não tem lógica dizer o contrário. É só deduzir…

 

Todos os humanos têm 46 cromossomos.
Embriões que crescem em úteros humanos têm 46 cromossomos.
Logo, embriões que crescem em úteros humanos são humanos. (3)

Porém, é lógico que as pessoas não admitem isso porque, se admitirem, admitirão que estão matando pessoas ao procurarem obter as células-tronco embrionárias dessas pessoas. (Isso parece ter algo a ver com "cobiçar o que é do próximo", algo assim…) Mas e quanto às pessoas que estão dependendo dessas pesquisas para voltarem a andar, falar, se locomover, etc – enfim, para serem curadas? Devem abandonar a esperança?

Graças a Deus, não. E já explico por quê.

"A vida de toda carne é o seu sangue"

Imagem stock.xchngIsso está em Levítico 17:14 (a versão é a NVI). Embora não esteja se referindo às celulas-tronco embrionárias, pegamos emprestada a citação justamente porque vamos falar sobre o sangue. Ou melhor, do que se pode obter com o sangue.

Em março deste ano, cientistas conseguiram reprogramar células do sangue para agir como células-tronco embrionárias (4). Ou seja: serem pluripotentes.

Para gerar células-tronco pluripotentes induzidas (apelidadas células iPS), coletou-se sangue de um doador masculino de 26 anos. Da amostra de sangue, os pesquisadores isolaram células CD34+, um tipo de célula-tronco que produz somente células sanguíneas, e cultivaram-nas com fatores de crescimento por seis dias, aumento-as em número.

"Durante a cultura, os cientistas infectaram as células CD34+ com um vírus que carregava fatores de reprogramação, genes expressos normalmente em células-tronco embrionárias, que podem reiniciar as células sanguíneas a um estado embrionário. Colônias de células exibindo características físicas semelhantes às das células-tronco embrionárias (CTE) apareceram cerca de duas semanas após o procedimento. Para determinar se as células eram semelhantes também funcionalmente às CTEs, os cientistas analisaram as linhagens de células CD34+ iPS, para ver se haviam adquirido "marcadores" de células-tronco, a combinação singular de proteínas que cobrem a superfície das células e as distingue de outros tipos celulares. De fato, as linhagens de iPS expressaram os mesmos marcadores que as CTE e, além disso, também compartilharam a capacidade de se diferenciar em uma variedade de tipos celulares especializados." (5)

A importância disso é óbvia: com investimento nesse tipo de pesquisa, daqui a algum tempo talvez não seja mais necessário matar embriões para obter células-tronco pluripotentes. E nesse caso, que se façam mais e mais pesquisas, que se invista dinheiro e que se trate pessoas que só podem ser tratadas com células-tronco. Afinal, mais ninguém vai ter que morrer por isso.

A importância de dar tempo ao tempo

Recebi essa notícia com muita alegria, mas só a recebi agora. Veja que a publicação é de 20 de abril, 18 dias atrás. Procurei nos principais jornais online do Brasil, mas não achei nenhuma notícia sobre isso. Por quê?

Por que houve tamanho frenesi quando as pesquisas de células-tronco embrionárias (aquelas que matam pessoas) foram liberadas no Brasil; as notícias eram rapidíssimas; havia flashs a toda hora na TV; especialistas nas rádios; e essa pesquisa, tão maravilhosamente esperançosa, parece não ser do conhecimento de ninguém? Por quê?

Certamente, alguém está pensando, como sempre fazem, que eu não preciso do tratamento, por isso o critico. Mas a questão não é essa. Eu precisar ou não, não muda um fato: matar pessoas para o meu benefício é errado. Contudo, o tratamento talvez possa ser obtido dessas novas técnicas.

A obtenção de células-tronco pluripotentes do sangue, que é um dos tecidos mais fáceis de se obter, provê uma estratégia simples para a geração de células-tronco específicas do paciente, que são valiosas ferramentas de pesquisa e podem, um dia, ser usadas para tratar várias doenças". (8)

Uma vez que células-tronco estiverem disponíveis a partir do sangue do paciente, deverá haver bem pouco, senão nenhum, interesse em células-tronco embrionárias como fonte de reposição de células para tecidos doentes. Embriões ainda não produziram tratamentos até hoje, enquanto que fontes não-embrionárias originaram mais de 70 tratamentos efetivos (6). Se não há necessidade médica para a destruição sistemática de embriões humanos, porque há tantos pesquisadores que ainda promovem, insistentemente, essa prática?" (7)

image Se essa pesquisa se confirmar em tratamento, as coisas mudam completamente.  Fico me perguntando se, daqui a 60, 80, 100 anos, 200 anos, quando os universitários, mestres e doutores daquele tempo souberem que matamos embriões para fazer pesquisa, vão olhar para nós como assassinos de inocentes. Será que vão nos comparar a Herodes – matando crianças para manter a si mesmo? Ou como o Faraó contemporâneo de Moisés – matando crianças para manter sua nação?

Conclusão

O problema todo é sua cosmovisão, querido leitor. Se a vida humana não passa de um acidente natural (de muita sorte), porque ela deve ser considerada de valor? Por que preservá-la? Contudo, se ela foi criada com um propósito, por um Deus eterno que a ama, por que deveria ser assassinada?

Não sou moralista. Mas fatos são fatos. Há alternativas às células-tronco embrionárias. Por que não investir nelas? Por que houve tanta pressa em pressionar pesquisas que envolvem um problema ético tão complexo, se há outras possibilidades não-agressivas à Ética?

A resposta é ansiedade. A ansiedade faz os pesquisadores julgarem o problema ético não tão importante (ou uma frescura). Faz as vítimas das doenças acreditarem que, sem aquele tratamento, não haveria outra chance de serem curados. Faz as autoridades não enxergarem linhas de pesquisa alternativas. Faz a humanidade pensar só no presente. Faz o homem não pensar no próximo.

Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês." (1 Pedro 5:6-7, NVI)

Referências

(1) OBAMA SUSPENDE RESTRIÇÕES DE FINANCIAMENTO FEDERAL A PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO. Abril.com. Disponível em: <http://www.abril.com.br/noticias/ciencia-saude/obama-suspende-restricoes-financiamento-federal-pesquisa-celulas-tronco-426391.shtml>. Acesso em 8 mai 2009.

(2) PEREIRA, Daniel Ruy. Células-tronco: por que não? Blog Considere a possibilidade. Postado em 7 abr 2008. Disponível aqui, evidentemente!

(3) Propositadamente, não considerei outros fatores como o raciocínio lógico, as artes, a linguagem, o comportamento, a filosofia e outros fatores que fazem de um ser com 46 cromossomos um humano. Contudo, não se conhece outra espécie que tenha 46 cromossomos. Essa é uma característica exclusiva do Homo sapiens sapiens.

(4) LOH, Yuin-Han et al. Generation of induced pluripotent stem cells from human blood. Blood. Pré-publicado online em 18 mar 2009. Disponível em: <bloodjournal.hematologylibrary.org>. Acesso em: 8 mai 2009.

(5) STUDY FINDS BLOOD CELLS CAN BE REPROGRAMMED TO ACT AS EMBRYONIC STEM CELLS. American Society of Hematoloqy. Publicado em 20 abr 2009. Disponível em: <http://www.hematology.org/media/04202009.cfm>. Acesso em: 08 mai 2009. Tradução nossa.

(6) THOMAS, B. Understanding the Stem Cell Debate. ICR News. Postado em <www.icr.org> em 10 jul 2008. Acesso em: 21 abr 2009.

(7) THOMAS, Brian. Stem cells from blood render embryonic sources obsolete. ICR News. Postado em 6 mai 2009. Disponível em: <http://www.icr.org/rticle/4613/>. Acesso em 8 mai 2009. Tradução nossa.

(8) Ver ref 5.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


 
 

Cosas que puedes hacer desde aquí:

 
 

5 comentarios:

Anónimo dijo...

no le entendi muy bien ya que es untema nuevo pára mi espero y nos los pueda explicar mejor y se agradeseria att:PAMELA MORALES MENDOZA DE 6201

erika gabriela morales salazar dijo...

h0la

profe. pz la verda este tema suena interestante pero no le entendi muy bn a la letra lo que pude entender esque todos los humanos tienen 46 cromosomas y que ya hay una nueva tecnica de obtencion de celulas madre.

ERIKA GABRIELA MORALES SALAZAR

6202

Yeztrom dijo...

Soy clmente del 6201.
Me costo un poco de trabajo entenderle asi que mejor lo traduci con el traductor de google.
Me parece un tema interesante ya que trae grandes beneficios a la humanidad.

Tania dijo...

HOLA PROFE SOY TANIA GUADARRAMA SIERRA DEL 6202 LA VERDAD ES QUE ESTE TEMA ESTA MUY INTERESANTE YA QUE DICE QUE LOS SERE HUMANOS CONTAMOS CON 46 CROMOSOMAS LA VERDAD ES QUE BIEN BIEN NO LO ENTENDI.

miriam dijo...

miriam
grupo:6202
bueno este tema de la obtencion de las celulas madres
esta muy intesante nos habla de el total de cromosomas que tiene un ser humano.